Resenhas:

[RESENHA] O Teorema Katherine - John Green



Olá leitores!
Hoje é dia de resenha aqui no blog!


DESAFIO 55  LIVROS30- Um livro que recebeu resenhas ruins  - O Teorema Katherine - John Green

SOBRE O LIVRO: Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.




Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.


Com um humor inteligente, John nos leva para essa YA, sobre a história de um gênio, não tão gênio assim.
Assim é Colin, mais inteligente que os outros garotos, mas não tão inteligente para ser um gênio.
Entre suas diversas peculiaridades, está sua atração por Katherines. Não Cathy, Caterine ou Catherine. KA-THE-RI-NE.
 Depois do fora que levou da sua 19ª Katherine, ele e seu melhor amigo Hassan embarcam em uma viagem que tem o intuito de ajuda-lo a esquecer, mas que na verdade aguarda outras grandes lições.
Gostei da ideia dos personagens, pois nenhum é o que aparenta.  Colin, apesar de gênio, é mais comum do que aparenta. Hassan, que sempre faz piadinhas de tudo, na verdade se importa demais com as pessoas e Lindsey, apesar de ser a garota popular, na verdade só quer ser uma garota comum.
John é inteligente em criar essa história, tão jovem e leve. Me pergunto por que cargas d'água esse tipo de história não é pedido nas escolas.
Me identifiquei com Colin, com sua necessidade de criar um padrão em tudo e o medo de sair de sua bolha e enfrentar o desconhecido.
Ao mesmo tempo, essas peculiaridades criam as mais diversas e divertidas situações que alguém pode viver.

"Não havia como negar o sorriso dela.Aquele sorriso seria capaz de por fim a guerra e curar o câncer."

Curti a leitura, o fato de John mostrar que os nerds também amam, sofrem e temem, como qualquer adolescente.
John tem a capacidade de nos transportar por qualquer ideia sua e em nenhum momento senti aquela necessidade de comparar  A Culpa é das Estrelas com esse livro, simplesmente porque ele por si só basta.
Foi conflitante, pois ao mesmo tempo que me diverti com o livro, achei a leitura um pouco cansativa. Talvez seja porque já passei da fase dos dramas adolescentes, mas me cansou o excesso de análises.
Achei muito interessante as notas de rodapé que o autor deixa em alguns capítulos, explicando algo citado no livro. (Algumas coisas eram tão absurdas que realmente precisei das notas de rodapé para acreditar que realmente eram reais.)
Foi uma leitura interessante, com alguns altos e baixos, divertido e um pouco cansativo.

"É possível amar muito alguém, mas o tamanho do seu amor por uma pessoa, nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela."

CLASSIFICAÇÃO:










Título: O Teorema Katherine
Título Original: An Abundance of Katherines
Autor: John Green
Editora: Intrínseca 
Páginas: 304
Ano: 2013
Gênero: Humor; Juvenil
Saiba mais: Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu!
Deixe seu comentário e não esqueça de deixar o endereço de seu blog, para que eu possa dar uma espiadinha!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...